Bento XVI canoniza primeiro santo brasileiro

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cerimônia de canonização do frade brasileiro Frei Galvão celebrada pelo papa Bento XVI no Campo de Marte em São Paulo, Brasil (Foto: Agência Brasil).

11 de maio de 2007

Brasil

O Papa Bento XVI canonizou em São Paulo, perante uma audiência próxima a um milhão de fiéis, o primeiro santo nascido no Brasil. Frei Galvao foi um frade da congregação franciscana, que cuidava dos doentes usando papéis como pílulas, com orações dirigidas à Virgem Maria. Os milagres que se atribuem a São Galvao ocorreram na década de 1990 e permitiram que ele fosse reconhecido como Santo.

Apesar de o frade ter vivido há quase dois séculos, ele continua no Brasil a ser venerado pelos católicos do país, que manifestaram alegria pela canonização. A cerimônia se realizou no Campo de Marte, e foi acompanhada por pessoas de todas as nacionalidades, que agitavam as bandeiras de sua nacionalidade e as do novo santo.

Na homília, o Papa criticou os meios de comunicação por ridicularizar o matrimônio e influenciar a juventude para o uso de métodos anticoncepcionais para controlar a natalidade. Usando o exemplo de santidade de São Galvao, o Supremo Pontífice também destacou a castidade e a simplicidade do novo santo.

Fontes