Avião cai no shopping e mata duas pessoas no Brasil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

12 de março de 2009

Goiânia, GO, Brasil


Um homem de 32 anos e uma menina de 5 anos (pai e filha, identificados como Kléber Barbosa da Silva e Penélope Barbosa Correia) morreram hoje após o avião onde estavam cair em Goiânia, capital de Goiás (GO) no final da tarde. De acordo com a Polícia Militar, Silva roubou a aeronave de pequeno porte no aeroclube de Brasília (DF), localizado em Luziânia (GO), e foi até Goiânia com a intenção de cometer suicídio, após ter brigado com a mulher.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu dentro do estacionamento do Shopping Flamboyant, no bairro Jardim Goiás. Ninguém ficou ferido, segundo os bombeiros, apenas dois ocupantes do avião mortos na queda.

A Infraero (estatal que administra os aeroportos) confirmou a queda do avião. De acordo com o Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência e continuava no local por volta das 19h, o homem teria pilotado o avião até o combustível acabar, caindo sobre carros estacionados próximo ao shopping. Ao menos 23 carros foram atingidos pela aeronave.

De acordo com a Polícia Militar (PM) diz suspeitar que o piloto da aeronave seja o mesmo homem que agrediu uma mulher com um extintor de incêndio de um veículo hoje em uma rodovia na região. Testemunhas disseram à polícia terem visto um homem agredir uma mulher no local e jogá-la no mato próximo à estrada. Em seguida, o homem fugiu em um carro levando uma criança. As informações, no entanto, ainda não foram confirmadas e o caso deve ser investigado pela Polícia Civil. Segundo informações da polícia, a queda foi proposital.

Silva roubou o avião no aeroclube de Brasília (DF), localizado em Luziânia (GO), e foi até Goiânia com a intenção de se matar, após ter brigado com a mulher. A mulher agredida estaria internada em estado grave em um hospital de Goiânia.

De acordo com os bombeiros, por volta das 20h, os corpos permaneciam no local aguardando a chegada da perícia. Os bombeiros ainda não sabem se o homem tinha a intenção de atingir o shopping.

Segundo o Shopping Flamboyant, as lojas foram fechadas e o local esvaziado. O estabelecimento não soube informar, entretanto, se ainda havia pessoas no estacionamento.

O motivo da ação não havia sido confirmado até a noite de hoje. A polícia diz que, no início da tarde, o homem havia jogado sua mulher, Érica Correia dos Santos, em um matagal, na beira da rodovia BR-060, a cerca de 15 km de Goiânia, após tê-la agredido com um extintor de incêndio dentro do carro do casal. O motivo da agressão ainda não foi esclarecido.

Segundo a polícia, a Érica foi jogada do carro em movimento. Ela está hospitalizada em Goiânia. Segundo uma enfermeira do hospital na qual ela está internada, a vítima já está consciente mas ainda não foi informada sobre as mortes da filha e do marido. A mulher não corre risco de morte.

Perseguição

A FAB (Força Aérea Brasileira) informou na noite de hoje que, ao ser comunicada sobre o roubo, ordenou a decolagem imediata de caças da FAB e, na sequência, de um avião T-27 Tucano, para seguir a aeronave. Por medida de segurança, o órgão determinou a suspensão temporária dos pousos e decolagens no aeroporto de Goiânia durante a perseguição.

Antes de cair, a aeronave (de prefixo PT-VFI) já havia atingido de raspão uma roda gigante de um parque de diversões da cidade, que foi esvaziado em seguida. Antes do acidente, a PM e os bombeiros receberam inúmeras ligações de pessoas informando que um avião desgovernado sobrevoava a cidade.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem teria pilotado o avião até o combustível acabar, caindo sobre carros estacionados próximo ao shopping. Ao menos 23 carros foram atingidos pela aeronave, mas ninguém se feriu.

De acordo com a polícia, Kléber comunicou via rádio a um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) que o seguia, que queria se matar e que estava disposto a provocar uma tragédia. Em nota, a FAB confirmou que seguiu o avião desde a decolagem em Luziânia, mas negou que tenha conseguido contato de rádio com Kléber.

Antes de cair, o avião sobrevoou Goiânia por aproximadamente meia hora, segundo a polícia. A suspeita é que o combustível da aeronave tenha acabado, já que o avião não explodiu com a queda.

No município vizinho de Aparecida de Goiânia, o piloto chegou a dar rasantes em um outro shopping e em um parque de diversões, segundo os bombeiros.

Roubo

O avião monomotor EMB-712, prefixo PT-VFI, foi roubado enquanto taxiava na pista do aeroclube. Segundo a polícia, Kléber se apresentou no aeroclube com o objetivo de fazer um vôo panorâmico.

Antes da decolagem, às 16h15, ele rendeu o piloto do avião com uma arma, anunciou que era um roubo e assumiu a direção. O piloto, que registrou boletim de ocorrência, ficou em terra.

Imediatamente, um avião Mirage 2000 da Força Aérea Brasileira levantou vôo da Base de Anápolis (54 km de Goiânia) e começou a monitorar os movimentos da aeronave. Em seguida, foi substituída por um T-27 Tucano. Um helicóptero da Polícia Militar goiana também passou a acompanhar o avião.

A Infraero, por orientação da FAB, suspendeu pousos e decolagens no aeroporto de Goiânia entre as 18h10 e as 19h14, para facilitar um eventual pouso do monomotor.

Repercussão Internacional

A morte de Kléber Barbosa da Silva e da filha Penélope após o avião cair na tarde, foi amplamente divulgada pela imprensa internacional.

Pai e filha morrem em queda de avião no Brasil
Telegraph - Reino Unido:

Um pequeno avião caiu no estacionamento de um shopping em Goiânia, na região central do Brasil, matando as duas pessoas que estavam a bordo. As vítimas são um homem, que pilotava a aeronave, e sua filha de cinco anos, segundo a polícia.

Duas pessoas morrem em acidente de avião no Brasil
Agência de notícias Xinhua - China:

Um pequeno avião caiu no estacionamento de um shopping em Goiânia, região central do Brasil, na quinta-feira, matando os dois ocupantes, informou a equipe local de bombeiros. As vítimas são um homem, que pilotava o avião, e sua filha de cinco anos. Ninguém ficou ferido no local.

Um homem e sua filha morrem no Brasil após o avião em que estavam cair sobre centro comercial
El País - Espanha:

Um brasileiro e sua filha de cinco anos morreram nesta quinta-feira na região central do Brasil após um avião se chocar contra o principal centro comercial da cidade de Goiânia, informa a televisão local. O homem, segundo as primeiras informações, havia sequestrado sua filha e, pouco depois, roubado a aeronave.

Brasileiro colide avião roubado contra prédio
Latin American Herald Tribune - Venezuela:

Um brasileiro sequestrou sua filha, roubou um pequeno avião e, após ter sido perseguido, chocou-se contra o principal shopping da cidade de Goiânia, informou a TV Bandeirantes nesta quinta-feira. O homem e a filha de 5 anos morreram no acidente, informou a emissora. Ninguém ficou ferido em solo.

Fontes