Avião cai em Cuba, com 68 passageiros

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Localização de Cuba, local do acidente.

Agência Brasil

5 de novembro de 2010

Um avião com 68 pessoas a bordo caiu ontem (4), por volta das 17h40, a 300 quilômetros da capital Havana, em Cuba. A aeronave da companhia aérea Cubana Aerocaribbean S.A. seguia de Santiago de Cuba em direção a Havana. Na aeronave estavam 61 passageiros e sete tripulantes, dos quais 40 cubanos e 28 estrangeiros. Não há informações sobre brasileiros. As autoridades informaram ainda que não há sobreviventes.

De acordo com a Aviação Civil de Cuba, o piloto fez um breve relato sobre uma situação de emergência e depois perdeu contato com a torre de controle. O avião, um ATR-72 de fabricação francesa, operado pela companhia estatal Aerocaribbean, saiu de Porto Príncipe, no Haiti, e viajava para a capital de Cuba, Havana, depois fazer uma escala em Santiago de Cuba.

De acordo com a BBC Brasil, na relação entre os 28 estrangeiros havia nove argentinos, sete mexicanos, três holandeses, dois alemães, dois austríacos, um francês, um italiano, um espanhol, um venezuelano e um japonês. Por enquanto não há ainda informações sobre a causa do acidente.

As equipes de resgate de emergência tiveram que usar escavadeiras para abrir caminho entre a vegetação espessa para poder chegar ao local da queda. Uma testemunha disse que a fuselagem do avião se transformou em uma espécie de bola de fogo no meio da montanha.

O governo do presidente de Cuba, Raúl Castro, determinou a instalação de uma comissão de investigação para apurar as causas do acidente. O último acidente aéreo em Cuba ocorreu em 2002, com um avião russo de pequeno porte - o Antonov2. A bordo estavam 16 turistas.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati