Autoridades espanholas prendem Yuriy Kolobov, ex-ministro das Finanças de Ucrânia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O então ministro Kolobov (foto) sob a Presidência de Viktor Yanukovych.
Imagem: "Справедливість. Анна Безулик".

5 de março de 2015

Yuriy Kolobov, o ex-ministro das Finanças da Ucrânia, foi preso na Espanha sob a acusação de fraude e peculato. Kolobov era procurado, junto com o ex-presidente Viktor Yanukovych, acusado de fraude que custou à Ucrânia, bilhões de dólares em ativos. A Guarda Civil espanhola prendeu na quarta-feira, em um apartamento em Altea, na província de Alicante.

Um breve comunicado do Ministério do Interior ucraniano disse: "Nós confirmamos a informação de que [o Sr. Kolobov] foi detido.". Nenhum comentário foi feito pelo Ministério do Interior da Espanha. Um juiz na Alta Corte de Espanha vai questionar Kolobov, antes de lidar com o processo de extradição. Kolobov, 41 anos, é o primeiro membro do governo de Yanukovich a ser preso sob acusação de fraude. O atual governo ucraniano continua os esforços para recuperar bens perdidos. O primeiro-ministro interino, Arseniy Yatsenyuk, disse ao Parlamento que Yanukovich deixou a Ucrânia com 75 bilhões dólares de dívida.

Interpol emitiu mandados de Yanukovich, Kolobov e o ex-primeiro-ministro Mykola Azarov. É dúvida se Yanukovich, que agora está na Rússia, seja extraditado de volta para a Ucrânia. Kolobov ocupou anteriormente o cargo de vice-presidente do Banco Central da Ucrânia, antes de ser escolhido como ministro das Finanças em 2012.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati