Atirador mata 27 pessoas em ataque a escola primária nos Estados Unidos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

14 de dezembro de 2012

A polícia chega em frente a escola primária depois do tiroteio.

Brasília - Ao menos 27 pessoas, incluindo 18 crianças, foram mortas por um atirador que abriu fogo nesta sexta-feira em uma escola primária americana, de acordo com a rede americana CBS, que cita autoridades policiais. O ataque ocorreu na escola primária Sandy Hook School, que tem cerca de 600 alunos entre 5 e 10 anos e fica em Newtown, no estado de Connecticut, no Nordeste dos Estados Unidos.

Segundo o tenente Paul Dance, da polícia local, o atirador é um dos mortos e seu corpo ainda está no interior do edifício. Segundo testemunhas, ele entrou na escola vestindo uma farda militar.

O hospital local informou que há várias pessoas internadas, muitas em estado grave. A polícia afirmou que há "muitas vítimas", entre funcionários e alunos. Dance não confirmou o número total de mortos, alegando que todos os familiares das vítimas devem ser alertados primeiro.

A polícia chegou à escola às 9h40 (12h40 no horário de Brasília), pouco depois de ser avisada por telefone do ataque. O local foi imediatamente cercado e bloqueado e todos os sobreviventes foram retirados da escola. Imagens aéreas mostram várias ambulâncias e veículos de resgate ao redor do colégio.

O presidente americano Barack Obama acompanha o caso e expressou suas condolências. A investigação do caso está sendo feita com a participação de diversas agências. A Casa Branca afirmou ter disponibilizado todos os recursos necessários para esclarecer o crime.


Cquote1.png

A polícia nos levou para fora da escola e disse para ficarmos de mãos dadas e de olhos fechados

Cquote2.svg
Vanessa Bajraliu, 9 anos





Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati