Assassino em série Michel Fourniret morre na França

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

11 de maio de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Morreu ontem na França o assassino em série - serial killer - Michel Fourniret, condenado pela morte de oito meninas e mulheres. Outras mortes são atribuídas ao criminoso, no entanto, podendo o número de vítimas ser maior.

O chamado Ogro das Ardenas morreu numa ala de segurança do hospital La Pitié Salpêtrière, em Paris, aos 79 anos de idade, de causas naturais causadas pelo envelhecimento, inclusive Mal de Alzheimer e problemas cardíacos.

Michel havia sido preso em 2003 e cumpria duas penas de prisão perpétua, uma proferida em 2008 e outra, em 2018. A maioria das vítimas, que tinham entre 12 e 30 anos, foram estupradas antes de serem baleadas, estranguladas ou esfaqueadas até a morte. O corpo de uma menina, Estelle Mouzin, de 9 anos, nunca foi encontrado.

Os crimes acontecerem, principalmente, numa região entre o norte da França e sul da Bélgica, entre o final dos anos 1980 e o início dos 2000.

Sua terceira esposa, Monique Olivier, que ele havia conhecido na prisão enquanto cumpria pena antes de virar um assassino em série, também foi condenada à prisão perpétua por cumplicidade.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit