Armênia envia ajuda ao Líbano

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

5 de agosto de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Armênia prestará assistência ao Líbano para mitigar as consequências da explosão que ocorreu em Beirute na terça-feira, 4 de agosto. O secretário de imprensa do primeiro-ministro, Mane Gevorgyan, relatou isso.

Segundo ele, uma avaliação das necessidades de Beirute está sendo realizada pelo embaixador da Armênia. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, são conhecidos cerca de 6 armênios entre as vítimas fatais e cerca de 100 feridos como resultado da explosão.

Na noite de 4 de agosto, uma forte explosão ocorreu no porto da capital libanesa. Segundo as autoridades, um dos armazéns tinha 2.750 toneladas de nitrato de amônio confiscado em 2014. Para evitar o roubo da substância, a equipe do porto decidiu fechar as aberturas pelas quais estrangeiros poderiam entrar no armazém. A detonação ocorreu durante a soldagem.

A explosão foi tão forte que foi sentida mesmo em Chipre (a uma distância de cerca de 240 km). A cidade foi severamente danificada, a comunidade armênia e o prédio da embaixada armênia, localizada a 15 km da explosão, também sofreram.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com