Argentina perde de 3 x 0 e se complica na copa; Croácia se classifica

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikinotícias Rússia 2018 - logo.jpg
Mais notícias sobre a
Copa do Mundo 2018
Seleções:
Flag of Brazil.svg - Flag of Portugal.svg

Agência Brasil

21 de junho de 2018

A Argentina caiu diante da Croácia hoje (21) em Nizhny Novgorod. O placar foi contundente e incontestável, 3 a 0, gols de Rebić, Modrić e Rakitić. Com futebol pobre e desorganizado, a Argentina mostrou porque se classificou para a Copa do Mundo no sufoco. Pouco produziu na parte ofensiva e foi refém de um sistema de defesa frágil. Do outro lado, a Croácia garantiu vaga para as oitavas de final do torneio.

O apagão não foi por falta de apoio. A torcida argentina lotou o estádio e deu um clima de La Bombonera – estádio do Boca Juniors – à arena russa. Mas o time não ajudou em campo. Em nenhum momento mostrou domínio da partida e, pouco a pouco, a dura realidade ficou escancarada: Messi, camisa 10 e um dos melhores jogadores do mundo, não fez a menor diferença.

Para ter alguma chance de se classificar, ainda que em segundo lugar, para as oitavas de final, a Argentina precisa torcer para uma combinação de resultados. O primeiro desejo é para que a Islândia perca pontos para a Nigéria amanhã (22). Caso os vikings vençam os africanos, os hermanos vão precisar ganhar dos nigerianos por muitos gols na última rodada e esperar que a Croácia vença a Islândia.

O jogo

A Argentina começou nervosa. Não conseguia encaixar sequer um ataque, ao passo que a Croácia demonstrava frieza para fazer seu jogo. Na frente, os atacantes Mandžukić e Rebić usavam sua estatura para tentar alguma coisa trombando nos zagueiros.

Argentina perdeu um gol incrível com Pérez, após uma lambança da defesa da Croácia. Foi a melhor chance do time na partida inteira. Pouco depois, aos 30 minutos, Mandžukić recebeu um ótimo cruzamento na área e errou uma cabeçada frente a frente com goleiro Caballero.

Aos 46 minutos, Rebić teve uma chance clara de marcar o gol. Ele recebeu na velocidade, mas perdeu a passada e também a chance de abrir o placar.

Segundo tempo

Aos 8 minutos do segundo tempo, o primeiro gol croata saiu. E foi graças a um erro maiúsculo do goleiro argentino Caballero. Mercado recuou a bola para o goleiro, que devolveu uma bola alta e curta demais. No meio do caminho estava Rebić, que emendou um belo voleio e abriu o placar. Foi a primeira boa jogada de Rebić com a bola nos pés. Até então, o camisa 18 da Croácia estava apenas fazendo faltas no ataque e discutindo com os adversários.

O gol desmontou o pouco ânimo argentino no jogo. E, aos 35 minutos, veio a pá de cal nas esperanças albicelestes. Modrić tabelou na frente da área, cortou para um lado, para o outro e, de fora da área, deu um chute perfeito no canto de Caballero.

Ainda houve tempo para um terceiro gol. Em contra-ataque, o ataque croata tabelou dentro da área argentina com extrema tranquilidade. Rakitić recebeu na frente de Caballero e tocou no canto. Vitória merecida de um lado e derrota sofrida de outro. Só resta tocar um tango argentino.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati