Após isolamento, russos compram vinho e vodca com mais frequência

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de julho de 2020

Após o isolamento em decorrência da pandemia de COVID-19, os russos começaram a comprar vinho e vodca com mais frequência. As vendas subiram de 2,7% para 10% em comparação com o mesmo período do ano passado, a Interfax publicou os dados.

Em junho, as vendas de champanhe e vinhos espumantes aumentaram 10% em relação a junho do ano passado e totalizaram 1,2 milhão de decalitros. Os vinhos tranquilos foram comprados 6,2% mais frequentemente no primeiro mês do verão asiático do que em 2019. Em junho, 4,6 milhões de decalitros foram vendidos.

As vendas de vodca aumentaram 2,7% e alcançaram 5,7 milhões de decalitros, o conhaque diminuiu 0,7% e totalizou 822,5 mil decalitros. Em geral, a demanda russa por álcool (exceto cerveja e bebidas à base de cerveja, sidra, licor e hidromel) aumentou 1,7%. Em junho, 16,9 milhões de decalitros de álcool foram vendidos.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com