Ao menos 10 pessoas morrem em tiroteio no Colorado, Estados Unidos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

23 de março de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A polícia da cidade americana de Boulder, no Colorado, reportou a morte de 10 pessoas ontem à noite após um tiroteio num supermercado.

A chefe de polícia de Boulder, Maris Herold, disse que entre os mortos está o policial Eric Talley, que foi o primeiro a chegar ao local após relatos de tiros. Herold chamou as ações de Talley de "heróicas". Herold disse a repórteres que um suspeito estava sob custódia e que a investigação do caso deveria durar pelo menos cinco dias.

O promotor público Michael Dougherty disse que é muito cedo para especular sobre o motivo do ataque. Ele disse que Boulder "sofreu um terrível e horrível tiroteio em massa". “Essas pessoas estavam vivendo seu dia, fazendo suas compras, e suas vidas foram cortadas abrupta e tragicamente pelo atirador que agora está sob custódia”, disse Dougherty. “Prometo às vítimas e ao povo do Colorado que garantiremos justiça e faremos tudo o que for necessário neste caso.”

Colorado já foi palco de outros tiroteios em massa, incluindo um ataque em 2012 em um cinema em Aurora e o ataque em 1999 em uma escola em Columbine.

Onda de ataques

Este é o segundo tiroteio em massa nos Estados Unidos em menos de uma semana, já que um atirador matou, na terça-feira passada, em Atlanta, oito ásio-americanos, num crime de ódio racial, estimulado pela pandemia de covid-19, que muitos atribuem à China, que registrou o primeiro caso no final de 2019.

Este foi ao menos o sétimo assassinato em massa este ano nos Estados Unidos.

Debate sobre o armamento

O Comitê Judiciário do Senado deve realizar uma audiência hoje sobre “Etapas constitucionais e de bom senso para reduzir a violência armada”, a primeira de uma série de audiências planejadas para discutir as medidas para reduzir a violência armada, o que reacende o debate sobre o acesso a armas de fogo no país.

Fonte



Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit