Angola e Portugal firmam acordo com relação aos vistos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de julho de 2011

Paulo Portas no 23º Congresso do CDS-PP, em Lisboa.

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Paulo Portas, classificou como boa a sua passagem por Angola. Segundo Portas, o governo angolano conseguiu perceber a prioridade que seu país tem em relação à Portugal, e que a diplomacia resolve questões circunstanciais. Portugal e Angola entraram em acordo para a reavaliação da maneira como são dados os vistos de um país para o outro.

Paulo Portas falou ainda sobre um possível acordo de dupla tributação:


Estamos a chegar a momento tal da excelência das relações entre os dois países, em que é importante pensar numa convenção para evitar a dupla tributação. A razão é muito simples, quem investe em Angola, paga os seus impostos, mas não deve pagar duas vezes os mesmos impostos, e quem investe em Portugal paga os seus impostos, mas obviamente não deve pagar duas vezes os mesmos impostos, e para isso é que existem instrumentos jurídicos chamados convenções para evitar as duplas tributações. Temos que começar a pensar com seriedade nesse tema que também é uma forma de abrir espaços a cooperação económica.
Paulo Portas


Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati