Ambulâncias são atingidas por Israel

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

28 de julho de 2006

Seis funcionários de duas ambulâncias da Cruz Vermelha e seus pacientes ficaram feridos depois que mísseis israelenses atingiram seus veículos.

O incidente ocorreu nas redondezas de Qana, quando uma ambulância da cidade de Tiro chegou ao lugar para evacuar três pacientes do posto fronteiriço de Tibnin. As duas ambulâncias foram destruídas.

Os pacientes, integrantes de uma mesma família, tinham sofrido ferimentes leves antes de serem alcançados pelos mísseis. Depois do ataque, um dos pacientes perdeu uma perna e outro precisa ser tratado por causa de ferimentos na esquirlas.

Outros incidentes envolvendo ambulâncias da Cruz Vermelha foram reportados. Segundo um correspondente de um jornal australiano, perto da cidade de Tiro, pelo menos 10 ambulância foram atingidas pelos bombardeios de Israel.

A Cruz Vermelha libanesa exige que Israel garanta a segurança para o pessoal que presta assistência humanitária, do contrário ameaça não efetuar mais missões de resgate.

Um porta-voz do governo israelense disse que o incidente com as ambulâncias ocorreu numa região em que as forças do Hizbollah lançam foguetes contra Israel.

O serviço de ambulâncias no sul do Líbano é composto totalmente por voluntários.

Fontes