Alimentos puxam preços ao consumidor pesquisados pela FGV

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

8 de dezembro de 2014

Brasil

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), divulgado hoje (8) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas, apresentou variação de 0,77% acima da última taxa. De acordo com a apuração, as oito classes de despesa que formam o índice apresentaram acréscimo em suas taxas de variação. A principal contribuição para o avanço do índice partiu do grupo Alimentação, que passou de 0,65% para 0,88%, com destaque para as hortaliças e legumes, cuja taxa passou de 10,67% para 13,12%.

Os grupos que também apresentaram elevação foram Transportes (0,62% para 0,74%), com destaque para a gasolina (1,9% para 2,33%); Educação, Leitura e Recreação (1,02% para 1,26%), com destaque para passagem aérea (23,41% para 27,22%); Habitação (0,83% para 0,89%), com destaque para tarifa de eletricidade residencial (3,73% para 4,46%); e Comunicação (0,31% para 0,4%), com destaque para a tarifa de telefone móvel (0,57% para 0,87%). Além desses, registraram aumento Vestuário (de 0,46% para 0,51%), principalmente roupas (de 0,38% para 0,50%); Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,42% para 0,44%), com destaque para Salão de Beleza (de 1,04% para 1,39%) e Despesas Diversas (de 0,25% para 0,26%), ressaltando o Cartão de Telefone (de 0,85% para 1,09%).

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati