Alemanha: autoridades devem abandonar o WhatsApp

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de maio de 2020

O comissário alemão para a proteção de dados, Ulrich Kelber, instou as autoridades a abandonar o uso do WhatsApp, mesmo agora, quando os meios de comunicação são essenciais durante a pandemia de COVID-19.

Em uma carta endereçada aos ministros, Kelber disse que "mesmo nestes tempos difíceis", os órgãos governamentais devem respeitar a proteção de dados, não negligenciá-los. Como o comissário enfatizou, os funcionários devem cumprir as leis alemãs e servir como modelos.

Segundo o jornal Handelsblatt, o apelo de Kelber está relacionado a reclamações que ele recebeu de cidadãos sobre o uso do WhatsApp por funcionários públicos.

Sempre que você envia uma mensagem, os metadados são enviados para o WhatsApp. Mesmo sendo um pequeno pedaço do mosaico, ainda ajuda a aumentar o volume de armazenamento de informações pessoais.
–Kelber

Em resposta, o WhatsApp anunciou que não está trocando dados com o Facebook e que não pode ler mensagens do usuário, pois são criptografadas por padrão.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com