Aldo Rebelo torna-se primeiro presidente comunista do Brasil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

13 de novembro de 2006

Brasil — O presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), é o primeiro comunista a assumir a presidência do Brasil. Rebelo substituira o presidente Lula por 24 horas, já que o segundo na linha de sucessão, o vice-presidente José Alencar, esta no EUA para tratamento de saúde.

Deputado eleito para o quinto mandato pelo estado de São Paulo, o alagoano Aldo Rebelo, chegou a presidência da Câmara dos Deputados, graças a uma forte articulação das forças que sustentam o governo Lula e ao diálogo que sempre soube manter com outros políticos, inclusive conservadores, mesmo atuando debaixo do "centralismo democrático", a rigorosa disciplina partidária do PCdoB.

Nas 26 horas que esteve no Planato Aldo não deu nenhuma declaração polemica ou tomou alguma decisão significativa, evitando, incluisive, sentar na cadeira do presidente. Na segunda-feira, 13 de novembro recebeu representantes da UNE, entidade que foi presidente, e da UBES

No próximo dia 30, Aldo Rebelo ocupará outra vez a presidencia, já que Lula viajará para a África e a licença do vice José Alencar se estende até o dia 7 de dezembro.

Fontes

Leia Também


As categorias deste artigo foram atualizadas em 17 de fevereiro de 2008. Para maiores informações veja o histórico.