Acidente aéreo mata o presidente da Polônia e outras 95 na Rússia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aristóteles
Outras notícias sobre política


10 de abril de 2010

Smolensk, Rússia

O presidente da Polônia Lech Kaczyński, sua esposa, alguns membros de seu gabinete, o general chefe do Estado Maior e outras autoridades civis, religiosas e militares polacas morreram em um acidente aéreo ocorrido à 10h56min (horário de Moscou - 06h56min UTC).

Lech Kaczyński, presidente da Polônia vítima do acidente.

O avião, um Tupolev Tu-154 que partiu de Varsóvia, pretendia aterrizar numa zona de difíceis condições de visibilidade na cidade russa de Smolensk quando sofreu um acidente no qual não se registraram sobreviventes. A aeronave viajava com 96 pessoas que iriam a uma homenagem em memória dos 70 anos do Masacre de Katyn. As causas do acidente estão sendo investigadas.

A grave situação gerou um clima de crise nas principais instituições políticas e militares polonesas. Há a possibilidade de antecipação das eleições presidenciais. Devido ao incidente também se prevê um revezamento dos principais controles em todas as forças militares e em outras instituições políticas, civis e religiosas como o Banco Central da Polônia e o Parlamento Polaco. O Primeiro Ministro Donald Tusk, que se dirige a Rússia, decretou uma semana de luto oficial em todo o país.

Líderes políticos de todo o mundo manifestaram suas condolências pela tragédia. O Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon, o Papa Bento XVI, a União Europeia e diversas nações e instituições pelo mundo se pronunciaram, enviando mensagens de consternação e de consolação para o povo polaco.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati