A estátua de Theodore Roosevelt será removida do Museu de História Natural de Nova York

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

24 de junho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Na entrada do Museu Americano de História Natural, em Nova York, há uma estátua de Theodore Roosevelt a cavalo, ladeada por um nativo Americano. Roosevelt foi o 26º presidente dos Estados Unidos (1901-1906) e ganhou o Prêmio Nobel da Paz.

No entanto, o museu de Nova York recentemente pediu sua remoção, porque a estátua seria um símbolo de colonialismo e racismo. A estátua equestre em frente ao Museu há muito tempo é controversa por causa da hierarquia racial que representa.

O museu acrescentou uma motivação a esse pedido, afirmando que a estátua comunicaria "uma hierarquia racial que o museu e o público há muito consideram perturbadora", acrescentando que "para entender a estátua, precisamos reconhecer o legado duradouro da discriminação racial em nossa país, bem como as idéias perturbadoras de Roosevelt sobre raça"; painéis foram adicionados dentro do edifício para explicar e contextualizar a estátua.

O prefeito da cidade, Bill de Blasio, aceitou a proposta mencionando:

"O Museu Americano de História Natural pediu para remover a estátua de Theodore Roosevelt porque descreve explicitamente negros e nativos como subjugados e racialmente inferior [...] A cidade apóia a solicitação do Museu. É a decisão certa e o momento certo para remover esta estátua problemática ».

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump estava entre os poucos que se opuseram à medida, rotulando a proposta de "ridícula e imperdível".

Fontes