A descoberta de crânio de 'primo' dos humanos de 2 milhões de anos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Crânio de um Paranthropus robustus

14 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O crânio era de um Paranthropus robustus macho, "espécie prima" do Homo erectus — espécie que se acreditava ser ancestral direto dos humanos atuais.

Em entrevista ao canal britânico BBC, a pesquisadora Angeline Leece afirmou: "A maior parte do registro fóssil é apenas um único dente aqui e ali, então ter algo assim é muito raro, muita sorte".

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com