A Wikipédia na sala de aula

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

29 de novembro de 2011

Estados Unidos — A educação dos jovens está sendo feita cada vez mais pela Internet, se não exclusivamente, E grande parte disso vem da Wikipédia. Só a versão anglófona tem mais de três milhões de artigos. Ela aparece entre as mais visitadas do mundo depois do Facebook e antes do Tweeter, Recentemente, a Wikipédia vem se propagando nas universidades, não sem uma dose de controvérsias e preocupações.

A Academia acusa o site de ser cheio de equívocos. Até mesmo o seu fundador Jimmy Walles diz que os estudantes não devem usá-la para pesquisas sérias.

Mas como mostra Nicole Jones, repórter da Rádio KALW, de São Francisco, professores de importantes universidades acham inevitável que os estudantes contribuam para a evolução da Wikipédia.


Há poucos anos atrás um professor assistente da UC Berkeley School of Information, chamado Brian Carver, estava fazendo uma pesquisa para o seu curso de Direito sobre o "Stored Communications Act" (um artigo que dispõe como o governo pode usar informações pessoais na Internet).
Nicole Jones


Um dos primeiros links (que vieram na pesquisa) foi a Wikipédia e então eu o segui e ao aprofundar a pesquisa eu notei que a Wikipédia não tinha um artigo apenas dedicado ao "Stored Communications Act" e pensei "bem, deveria ter, é um artigo importante da lei. Então eu pensei: "Brian, você deve providenciar isso"
Brian Carver


Não ele, na verdade. Na primavera de 2009 ele colocou os seus alunos para trabalhar nisso. Foi um risco. Não tinha quase nenhum editor da wikipédia na classe. Mas no final, O Prof. Carver afirma que seus alunos adicionaram conteúdo aos artigos sobre Direito na Wikipédia – e foram avaliados por isso.

Um dos comentários que mais gostei foi de um aluno que falou que era o primeiro trabalho que ele fazia que não acabaria na lata de lixo do professor.
Brian Carver

De fato, a Wikipédia pode ser lida no mundo todo. Um ano depois, a Wikimedia Foundation, a Organização sem fins lucrativos que mantem a Wikipedia, recebeu uma doação para iniciar um programa de educação e incrementar seu uso em sala de aula nas universidades. O objetivo? Melhorar a qualidade dos artigos da Wikipédia sobre Políticas Públicas.

Há alguns anos, o Departamento de História da Universidade de Middlebury baniu o uso do site depois que estudantes cometeram repetidos erros numa prova baseados num artigo da Wikipédia. Vários outras universidades, incluindo a de Santa Barbara e a Universidade de Illinois tiveram problemas similares. As aulas de Carver foram só um começo. A Wikimedia Foundation agora expandiu o programa para pelo menos 47 outros cursos em universidades incluindo Harvard, Georgetown, e Berkeley. Uma guinada e tanto para um website que já foi considerado algo questionavel e falho.

Nós estamos tentando mudar a percepção da Wikipédia no meio acadêmico. Os estudantes vão utilizar a Wikipédia não importa se os professores escrevam "Proibido usar a Wikipédia" no programa de aula.
Liana Davis

Em todos os lugares a Wikipédia vem sendo utilizada como um instrumento de pesquisa, bem antes da Wikimedia Foundation encorajar isso oficialmente. E Carver diz que ele conhece muitos professores que utilizam a Wikipédia para ensinar.

Quando você compara a qualidade da informação da Wikipédia versus as 10 primeiras entradas da pesquisa, frequentemente a comparação é favorável para a Wikipédia, Eu acho que as preocupações com qualidade são devidas à total não familliaridade com a idéia de uma enciclopédia que qualquer um pode editar.
Brian Carver

Mas a Wikipédia teve uma forte melhora graças à sua comunidade de editores wiki.

Um Wikieditor confiável pode se tornar um administrador com possibilidade de proteger os artigos, eliminar artigos, bloquear usuários, etc. Davis diz que é o trabalho desses voluntários – e agora estudantes – que mantem a Wikipédia honesta.

O que nós queremos que saia disso é: A) os estudantes apenas melhorem a qualidade dos artigos quando tiverem certeza, mas B) isso está no contexto da competência da mídia.
Liana Davis

A Wikipédia requer que os editores amparem tudo em fontes, citando revistas, magazines, jornais, livros – exatamente como qualquer artigo de pesquisa.

Um dos professores nos disse que através desse programa seus alunos foram forçados a ir à biblioteca e disse que na verdade alguns deles pisaram na biblioteca pela primeira vez quando foram solicitados a escrever um artigo para a Wikipédia.
Liana Davis

O método de controle da qualidade é capcioso, não se sabe se trata-se de vândalos que postaram algo difamatório sobre religião ou se editores que não conseguem chegar a um acordo sobre se um homem com um gato é seu dono, cuidador ou "acompanhante".

O fundador da Wikipédia Jimmy Wales afirma que o elemento humano faz a enciclopédia online relevante enquanto um ponto de partida. E Carver sabe que não vai tão cedo a lugar nenhum.

[A Wikipédia] Está posta aí e seus estudantes a estão usando e, na verdade, a Faculdade está usando também. É mais uma questão de preparar nossos alunos a operar nesse novo ambiente ou não. Se estivermos preparando nossos estudantes para serem leitores críticos já é uma grande coisa.
Brian Carver

E não apenas leitores mais críticos, mas criadores de conteúdos cruciais também. Um dos estudantes na Universidade de Georgetown escreveu um artigo sobre Partido Nacional Democrático do Egito em novembro de 2010. Quando ele terminou o artigo havia mudado com a "Primavera Árabe". Davis conta que o artigo cresceu de 200 para mais de 5000 visualizações por dia.

Isso mostra exatamente o poder dessas lições práticas, onde não se sabe nunca se o tópico sobre o qual o estudante está escrevendo vai se tornar muito importante.
Liana Davis

No mundo wiki tarefas práticas como dever de casa não são mais destinadas à lata de lixo da história. Os estudantes no ano passado contribuitam com 5,600 páginas de conteúdo da Wikipédia anglófona – Isso é o duas vezes mais a quantidade do ano anterior. E com a expansão do programa, espera-se que estudantes canadenses, indianos e brasileiros marcarão presença em suas versões da Wikipédia..

Fontes[editar]