111 países aprovam acordo sobre bombas fragmentadas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Attention niels epting.svg
Como parte da política de proteção do Wikinotícias, esta notícia está protegida.

30 de maio de 2008

Reunidos em Dublin, 111 países aprovam acordo sobre bombas fragmentadas e comprometeram nunca utilizar as armas citadas no tratado, apenas Japão e Irlanda são contra os tratados das bombas. Conhecidas como bombas de fragmentação, a produção, a transferência e o armazenamento desse tipo de armamento, que causou a morte e a mutilação de milhares de civis no mundo. Os principais fabricantes e comerciantes das armas, não se apresentaram diante a conferencia e não assinaram o acordo em Dublin. Os paises são Estados Unidos, China, Rússia, Israel, Paquistão e Índia.

O convênio adotado em Dublin deverá ser submetido à assinatura dos Estados em uma cerimônia em Oslo nos dias 2 e 3 de dezembro, antes de sua ratificação.

Fontes

Atualizado em 22 de setembro de 2009 por Richard Melo da Silva. Adicionada predefinição de comentários. Para maiores informações veja o histórico.