1,4 bilhão de rublos alocados para reconhecimento facial no metrô de Moscou

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de julho de 2020

O metrô de Moscou gastará 1.393.009.503,12 rublos para equipar um quarto de todos os vagões com um sistema de reconhecimento facial. Graças as câmaras, o escritório do prefeito pode rastrear as rotas pessoais dos cidadãos. Isso é relatado pela BBC.

Sergei Sobyanin anunciou essa atualização em janeiro, depois que o sistema "teve um bom desempenho nas ruas da cidade", quando foi usado para procurar violadores da quarentena.

Os dados das câmeras não são a única fonte de informação, também é usado o monitoramento de telefones celulares, táxis e compartilhamento de carros. No total, a prefeitura possui cerca de 170 sistemas de informação.

Até o final do ano, o gabinete do prefeito equipará cerca de mil e quinhentos carros com um sistema de reconhecimento facial. Oito câmeras capazes de reconhecimento de rosto estão planejadas para cada transporte.

O objetivo declarado é melhorar o conforto e a segurança dos cidadãos, além de informar os passageiros sobre todas as mudanças e inovações na operação do complexo transporte de Moscou.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com