Úmaro Sissoco Embaló recebe apoio do MADEM-G15 para candidatura às Presidenciais de Novembro

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

9 de agosto de 2019

O antigo primeiro-ministro guineense Úmaro Sissoco Embaló vai ter o apoio do Movimento para a Alternância Democrata-G 15 (MADEM-G15), na eleição presidencial de 24 de novembro.

Embaló, terceiro coordenador do MADEM-G15, obteve 297 votos num total de 428 membros do Conselho Nacional do segundo maior partido do país, reunido ontem em Bissau.

Cerca de 140 membros não compareceram.

A Comissão Ad Hoc encarregue de organizar o processo das primárias para a eleição presidencial de novembro, teria no entanto, recebido pedidos de apoio do atual presidente José Mário Vaz e do jurista Carlos Vamain, mas devido à ausência deles, o único candidato apresentado foi o antigo primeiro-ministro Embaló.

Outros candidatos

Há duas semanas, o Movimento Botche Candé, liderado pelo conselheiro presidencial Botche Candé, organizou um evento de apoio à candidatura do Chefe de Estado, que prometeu uma resposta para breve.

Fontes bem informadas em Bissau garantem que Vaz deve anunciar em breve a sua recandidatura, que, ao contrário de 2014, não terá o apoio do PAIGC.

Do lado do partido no poder, Cipriano Cassamá, presidente do Parlamento, já anunciou a sua intenção de se candidatar, e o antigo líder do partido e ex-primeiro-ministro Carlos Gomes Júnior, também, mas algumas fontes em Bissau indicam que este último terá também pedido apoio ao MADEM-G15, o que não foi confirmado oficialmente.

Entretanto, vários setores dentro do PAIGC têm pedido ao presidente do partido, Domingos Simões Pereira, que concorra à Presidência.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati