Zuanazzi deixa a Anac

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

31 de outubro de 2007

Brasília

O diretor-presidente da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), Milton Zuanazzi, deixou o cargo neste dia 31 de outubro. Ele comunicou a sua decisão para o ministro Walfrido dos Mares Guia (Relações Institucionais), por telefone, e teve um encontro no dia 30 de outubro com Mares Guia e com a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, para formalizar sua saída.[1]

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, confirmou por intermédio de sua assessoria, também ter sido informado sobre a demissão.

Zuanazzi convocou para este dia 31 de outubro uma entrevista à imprensa para explicar os motivos de sua saída. "Estou saindo porque não quero trabalhar com ele (Jobim)", afirmou. O ministro já havia declarado que esperava a renúncia. Também disse que não deixou o cargo antes porque queria prestar contas à sociedade. Ele fez um balanço de sua gestão e afirmou que a crise aérea está no fim.

Ao anunciar oficialmente a renúncia, Zuanazzi disse que vai procurar emprego na iniciativa privada na área de turismo e que voltará a lecionar.

Fontes

Referências

  1. http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u341407.shtml