Vulcão Hunga Tonga entra em erupção e causa pequenos tsunamis generalizados

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

16 de janeiro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A erupção em 15 de janeiro

O vulcão submarino Hunga Tonga-Hunga Haʻapai, localizado a cerca de 65 quilômetros da capital de Tonga, entrou em erupção ontem.

Geólogos investigavam a possível erupção desde sexta-feira, quando o vulcão começou a dar sinais de atividade, entre as 4h20 e 4h30, com explosões maciças e relâmpagos trovejantes. No dia 15, quando o vulcão entrou em erupção, os especialistas relataram que havia uma coluna de 5km de cinzas, vapor e gás subindo a uma altitude de 18 a 20km acima do nível do mar. Segundo a Metsul, ontem à tarde a coluna chegava a 30km de altura, alcançando a estratosfera.

A erupção submarina gerou uma enorme onda de choque, que segundo o Severe Weather da Europa atingiu locais num raio de 1.100 km/h ao redor do epicentro e 15 horas depois estava cruzando a Europa. Diversas estações meteorológicas registraram mudanças de pressão de 2-3mbar durante a passagem da onda.  

O fenômeno também provocou pequenos tsunamis em Tonga e nos territórios arredores, como na Samoa Americana e Ilhas Fiji, mas as águas do mar subiram também no Japão, Alasca, oeste do Canadá e Estados Unidos, Nova Zelândia, Chile e Peru, onde duas pessoas se afogaram. Em Port San Luis, Califórnia, o mar chegou a subir 1,31m.

Um alerta também havia sido emitido para a cosa leste da Austrália e esta manhã, ao menos no Peru a marinha ainda monitorava a situação.

Fontes