Violento temporal atinge Rio Grande do Sul; uma pessoa morreu

16 de agosto de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Um violento temporal atingiu diversas regiões do Rio Grande do Sul no início da da noite de ontem, provocando destelhamentos e queda de árvores, além de falta de luz em muitos pontos. Além dos ventos fortes, também houve queda de granizo de variado tamanho com pedras de gelo que chegaram a ser médias e grandes.

Na região metropolitana de Porto Alegre o vento foi localmente destrutivo, principalmente em Canoas, Cachoeirinha e Gravataí. Na base aérea de Canoas, o anemômetro - que mede o vento - registrou rajadas de 120,5 km/h. "A tempestade foi severa, uma das piores da história recente da Grande Porto Alegre", reportou o portal Metsul.

O tempo severo também afetou cidades do Vale do Rio Pardo, da Serra Gaúcha e do Litoral Norte.

Causas

A meteorologista Stael Sias do portal Metsul, escreveu no Twitter que as causas do temporal severo que atingiu a região metropolitana da capital precisam ser melhor investigadas. "A conclusão sobre a causa exige exame minucioso, inclusive com georreferenciamento dos danos. Qualquer conclusão no momento é precipitada e sem maior rigor técnico", opinou.

Morte

Um homem de 45 anos foi levado pela enxurrada num bairro da Zona Leste de Porto Alegre enquanto resgatava a enteada. Seu corpo foi encontrado esta manhã próximo ao Anfiteatro Por-do-sol, no centro da cidade.

Fontes