Vietnã suspende comércio de animais selvagens

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

25 de julho de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Jerome Adams
Pangolim

O Vietnã suspendeu todas as importações de animais selvagens "mortas ou vivas" e prometeu "eliminar" os mercados ilegais em todo o país.

A nota assinada pelo líder do país comunista segue um escândalo internacional sobre a venda de animais selvagens, que foi responsabilizada como a origem da pandemia de coronavírus na China no ano passado.

A suspensão uma grande vitória para os grupos que protegem a natureza, que no passado acusaram as autoridades vietnamitas de não impedir o comércio de espécies ameaçadas dentro e além de suas fronteiras.

A nota a divulgada quinta-feira no site do governo menciona que "o primeiro-ministro ordenou a suspensão das importações de animais selvagens, vivos ou vivos, seus ovos, e partes ou derivados destes".

Os produtos de animais selvagens vendidos e contrabandeados mais assiduamente são as partes de tigre, chifre de rinoceronte e pangolins usados estes principalmente na medicina tradicional.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com