Venezuela realiza exercícios militares por terra, mar e ar em 8 regiões do país

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

9 de março de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Por Brasil de Fato

Ao longo do fim de semana, simulações militares de terra, mar e ar foram realizadas em oito regiões na Venezuela. O exercício começou na última sexta-feira (5) para comemorar o oitavo aniversário da morte do ex-presidente Hugo Chávez e terminou na noite deste domingo (7).

O ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, afirmou que essas práticas ajudam a melhorar a força diante de "ameaças internas e externas".

No chamado ZODI, estão a capital Caracas, a parte andina da fronteira com a Colômbia e a área de Essequibo que está em disputa com a Guiana.

“Queremos atuar da maneira mais eficiente possível no campo de batalha. Somos um país de paz e nos preparamos para defendê-la. É isso o que estamos fazendo. A Venezuela está sendo assediada constantemente e nós, como soldados da Força Bolivariana, estamos obrigados constitucionalmente a defender em união cívico-militar nossa pátria”, disse o general Padrino López declarando.

O presidente Nicolas Maduro reiterou que há “inimigos inescrupulosos que vem da Colômbia, os organismos de segurança, inteligência e contra inteligência devem estar atentos”.

Além dos militares, também participaram nos exercícios dos trabalhadores de setores estratégicos como a indústria do petróleo e integrantes da brigada bolivariana, simulando uma invasão estrangeira por forças paramilitares.

Desde 2019, a Venezuela condena a existência de campos de treinamento em território colombiano perto da fronteira norte da Venezuela para a deserção de tropas venezuelanas e paramilitares.

Fonte


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit