Venezuela: mais setores abrem na semana de afrouxamento

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de outubro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Venezuela acordou nesta segunda-feira em uma nova semana de flexibilidade com um maior número de setores abertos, conforme estipulado pelo governo de Nicolás Maduro.

O disputado governo anunciou neste domingo que poderá ser reaberto um novo setor comercial no regime "7+7", que consiste em alternar uma semana de quarentena com outra de flexibilização.

Nesta semana, poderão abrir lojas de bebidas, lojas de móveis, confeitarias, joalherias, casas de penhores, floristas e perfumarias.

Maduro indicou ainda que no setor do turismo vão funcionar os teleféricos, pousadas e hotéis, praias e spas, clubes, parques de diversões e temáticos.

Na semana passada, o presidente já havia adiantado que planejava reabrir o setor de turismo de forma mais geral a partir de 1 de dezembro, inclusive mencionando alguns voos internacionais.

De organismos públicos, abre, entre outros, o Instituto Nacional de Transportes Terrestres (INTT) e o Serviço Administrativo de Identificação, Migração e Estrangeiros (Saime).

Esta expansão da flexibilidade ocorre no final do ano. Setores empresariais e oposição política têm criticado a fórmula “7+7”.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com