Venezuela: comércio exige ação diante do impacto da pandemia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

16 de setembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Conselho Nacional de Comércio e Serviços da Venezuela (Consecomercio) expressou sua preocupação com o setor privado do país nesta quarta-feira e indicou que é necessário apoiar as pequenas e grandes empresas para que possam continuar operando em meio à pandemia.

Em entrevista coletiva, Felipe Capozzolo, presidente do Consecomercio, indicou que 90% das empresas consultadas pelo conselho se declararam em estado de afetação. Desse total, 20% classificam esse impacto como "catastrófico", com perdas superiores a 60%.

A agricultura e tudo o que é o setor primário são afetados por quase 41%, a indústria 30% e o comércio e serviços 40%, explicou o presidente da associação empresarial.

“Isso nos leva a uma estimativa de perda de mais de 30% dos empregos em todo o país”, disse Capozzolo.

Mais da metade das empresas, acrescentou, atribuem essa situação ao ambiente econômico e político, à falta de apoio em políticas públicas e até à quarentena prolongada por conta da pandemia.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit