Vazamento de relatório preliminar da ONU alerta para aceleração da devastação climática

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

25 de junho de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Por Pan ARMENIAN

Um rascunho de um relatório das Nações Unidas que acabou vazando pintou um quadro preocupante de como a mudança climática irá remodelar fundamentalmente a vida na Terra nas próximas décadas, mesmo que os humanos consigam domar as emissões de gases de efeito estufa que causam o aquecimento do planeta, relata a Al Jazeera .

No que é de longe considerado o catálogo mais completo já reunido sobre como as mudanças climáticas estão afetando o mundo, o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) elaborou um documento de 4.000 páginas que foi visto pela agência de notícias AFP na quarta-feira.

Extinção de espécies, doenças mais disseminadas, calor insuportável, colapso do ecossistema, cidades ameaçadas pela elevação do mar - esses e outros efeitos climáticos devastadores estão se acelerando e devem se tornar dolorosamente óbvios antes que uma criança nascida hoje faça 30 anos, de acordo com o relatório preliminar.

“O pior ainda está por vir, afetando a vida de nossos filhos e netos muito mais do que a nossa”, diz o documento vazado.

No entanto, o estudo, projetado para influenciar decisões políticas críticas, não está programado para lançamento até fevereiro de 2022 - tarde demais para as cúpulas da ONU neste ano sobre clima, biodiversidade e sistemas alimentares, dizem alguns cientistas.

O relatório adverte que os principais choques climáticos anteriores alteraram dramaticamente o meio ambiente e eliminaram a maioria das espécies, levantando a questão de se a humanidade está plantando as sementes de sua própria morte.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit