Vacinação de profissionais da segurança pública é iniciada no Acre

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

No Dia Mundial da Saúde, o Acre consolida mais um importante avanço no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Nesta quarta-feira, 7, teve início a vacinação de mais de 2,2 mil profissionais da segurança pública com idade a partir de 40 anos, o que representa 37,8% do efetivo das forças estaduais.

No quartel do Comando-Geral do Corpo de Bombeiros, o subtenente da Polícia Militar, Marcos Roberto Silva de Souza, era o primeiro da fila. Há 28 anos atuando na defesa e proteção da sociedade, o policial não parou durante a maior crise sanitária da humanidade.

Assim como milhares de acreanos, o militar de 52 anos de idade também contraiu e venceu a Covid-19. Agora, após a primeira dose, Marcos Roberto fez questão de agradecer o empenho do governador Gladson Cameli, bem como reafirmou sua missão de continuar trabalhando em prol da população.

“Essa vacinação é de suma importância para nós, que estamos atuando na linha de frente e temos muito que agradecer ao governador pelo seu empenho. Graças a Deus, estou vacinado com a primeira dose para trabalhar e defender a sociedade”, declarou.

O policial federal Wander Morais Júnior também recebeu a primeira dose da vacina Coronavac. Atuando há 18 anos na área, o servidor lamenta que colegas de farda, infelizmente, não tiveram a mesma oportunidade. Com a certeza da imunização, ele conta que será possível desempenhar suas funções com mais segurança.

“Eu vim da Polícia Militar do Distrito Federal e lá, perdi muitos amigos. Essa priorização vem em um momento muito oportuno na valorização da segurança pública porque as polícias não pararam. Estar vacinado nos deixa mais calmos e tranquilos para podermos focar no nosso trabalho”, afirmou. Ao todo, o Ministério da Saúde disponibilizou 4.520 doses para esta etapa da campanha.

Em Rio Branco, a vacinação será feita, exclusivamente, no Comando-Geral do Corpo de Bombeiros, localizado no bairro Morada do Sol, e coordenada pelos próprios profissionais de saúde das forças de segurança. Já no interior do estado, a organização fica por conta das prefeituras municipais.

“Entre todos os serviços públicos que são oferecidos pelo Estado, os servidores da segurança são os mais vulneráveis para infecção e letalidade. Essa é uma medida prudente e audaciosa do governo do Acre, no sentido de estender a todos os profissionais da segurança essa vacinação, bem como de reconhecer o importante papel que eles têm desempenhado nesta pandemia”, observou Paulo Cezar Rocha dos Santos, secretário de Justiça e Segurança Pública.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit