Universidade de Cambridge identifica que dois cadernos de Darwin foram roubados

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Charles Darwin

24 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Na terça-feira, 24, a Universidade de Cambridge classificou o roubo de dois cadernos do biólogo e naturalista Charles Darwin (1809-1882). As informações são do portal de notícias do UOL. Segundo a publicação, esses objetos desapareceram da biblioteca da universidade há cerca de 20 anos, mas a conclusão só é divulgada hoje. Inicialmente, esses itens eram considerados desatualizados na biblioteca local, que continha cerca de 10 milhões de obras.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com