União Europeia investe 75 milhões de dólares na agricultura angolana

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

24 de fevereiro de 2017

A União Europeia vai investir nos próximos cinco anos 75 milhões de dólares em projetos de desenvolvimento da agricultura sustentável nas províncias da Huíla, Namibe e Cunene. O projeto denominado "Fresan" é o maior da União Europeia a ser implementado até agora em Angola.

O chefe da área de cooperação da delegação da União Europeia em Angola, Raimundo Reigada disse que o mesmo vai assentar-se na agricultura sustentável junto dos camponeses das três províncias da região sul.

“Vai ser o maior projeto da União Europeia em Angola e vai ser implementado nas províncias de Huíla, Cunene e Namibe nos próximos cinco anos. É um projeto sobretudo orientado para a agricultura sustentável, que vai melhorar a produção dos camponeses nas três províncias, colaborar com as estruturas de produção e de formação no sector da agricultura", explicou Reigada.

O responsável da União Europeia esteve na Huíla à frente de uma comitiva da organização para avaliar projetos implementados pela Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA) com financiamento da organização.

Entre os projetos, destaca-se o denominado "Ekolisso", no valor de 1.1 milhão de dólares que beneficia centenas de camponeses dos municípios de Caluquembe na Huíla e Caála na província do Huambo.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati