Ucrânia pede 2 bilhões de euros à União Europeia para pagar gás russo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de outubro de 2014

Europa

A Ucrânia pediu um empréstimo de 2 bilhões de euros à União Europeia (UE) para pagar uma dívida de gás com a Rússia. O pedido, formulado durante uma reunião ministerial UE-Ucrânia-Rússia para resolver o pagamento do gás, “vai agora ser avaliado com o Fundo Monetário Internacional e as autoridades ucranianas”, disse hoje (21) o porta-voz da Comissão Europeia, Simon O’Connor.

Com base na avaliação, a comissão “fará uma proposta ao Parlamento Europeu e ao conselho”, que representa os estados-membros”. A Comissão Europeia “continua muito empenhada em apoiar a Ucrânia”, disse. A Ucrânia e a Rússia discutem, com a mediação europeia, um acordo provisório para o pagamento pela Ucrânia de US$ 3,1 bilhões (2,4 bilhões de euros) de faturas em atraso à petrolífera estatal russa Gazprom, US$ 2 bilhões dos quais têm de ser pagos até ao final de outubro.

O acordo é negociado entre o comissário Europeu da Energia, Gunther Oettinger, e os ministros da Energia russo, Alexandr Novak, e ucraniano, Iuri Prodan, reunidos em Bruxelas. A Rússia cortou o fornecimento de gás à Ucrânia em junho devido à recusa de Kiev em pagar o preço imposto pelo governo russo, no contexto da crise entre os dois países.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati