Ucrânia acusa Rússia de lançar mísseis da central nuclear de Zaporizhzhia

17 de julho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A operadora de energia nuclear da Ucrânia acusou tropas russas de implantar lançadores de mísseis na Usina Nuclear de Zaporizhia para abrir fogo nas regiões de Nikopol e Dnipro que foram atacadas nas primeiras horas de sábado (16).

“Os ocupantes russos instalaram sistemas de lançamento de mísseis no território da central nuclear de Zaporizhzhia”, disse Petro Kotin, presidente da Energoatom, no aplicativo de mensagens Telegram após entrevista ao canal de TV ucraniano United News.

A maior usina nuclear da Ucrânia caiu nas mãos das tropas russas no início de março, logo após o início da invasão da Ucrânia em 24 de fevereiro.

O governador da região de Dnipro, Valentyn Reznichenko, condenou no sábado o “incêndio matinal” na região de Nikopol e o disparo de “mísseis Grad” em áreas residenciais. Segundo ele, 12 prédios, uma escola e uma universidade foram danificados.

Em Nikopol, “os socorristas encontraram dois mortos nos escombros”, anunciou.

Fontes