Trump volta a defender acordo assinado com Coreia do Norte

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

17 de junho de 2018

O Presidente Americano, Donald Trump, voltou a defender, neste domingo 17 de Junho, o acordo alcançado com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, que visa a desnuclearização da península coreana, dizendo que o acordo já conduziu à interrupção dos testes nucleares de Pyongyang e de "rockets a disparar por todo o lado."

Trump mostrou-se irritado com comentários de críticos, sobre o pacto que ele e Kim assinaram na Cimeira de Singapura, que mencionam que o pacto não foi específico o suficiente para garantir o fim do desenvolvimento das armas nucleares por parte da Coreia do Norte.

O acordo diz que Kim "reafirmou o seu compromisso para completar a desnuclearização da Península Coreana," mas não determinou qualquer data ou termos para inspecções independentes das localizações nucleares norte-coreanas.

Trump referiu no Twitter que essas críticas são notícias falsas.

Donald Trump e Kim Jong Un encontraram-se em Singapura no dia 12 de Junho, naquilo que foi considerado um momento histórico para os dois países.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati