Tratamento francês contra ebola mostra resultados positivos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de fevereiro de 2015

Brasil

O comissário europeu para Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, foi informado hoje (24), nos Estados Unidos, sobre os primeiros resultados do tratamento contra o ebola com o medicamento favipiravir. O estudo é desenvolvido por um instituto francês e cofinanciado pela UE.

O tratamento com o favipiravir, um antiviral desenvolvido pelo Instituto Nacional de Saúde e Investigação Médica francês, teve resultados positivos no combate ao ebola, particularmente em casos de detecção precoce da doença. “Temos resultados preliminares de que o medicamento antiviral favipiravir pode ser eficaz no tratamento do ebola numa fase inicial”, disse Moedas.

O comissário adiantou ainda que “se os resultados se confirmarem pelos ensaios clínicos em curso, este será o primeiro tratamento a ser desenvolvido contra esta doença mortal durante o surto em curso”. O projeto de desenvolvimento deste medicamento é um dos quatro financiados pela União Europeia, com verba de 700 mil euros, no âmbito do programa Horizonte 2020, sob a tutela de moedas. Os primeiros resultados do ensaio clínico foram apresentados em uma conferência de investigadores em Seattle, nos Estados Unidos.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati