Thaksin Shinawatra é condenado na Tailândia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de outubro de 2008

O ex-primeiro-ministro da Tailândia, Thaksin Shinawatra, foi condenado a dois anos de prisão, pela Suprema Corte da Tailândia. Shinawatra, deposto há dois anos por um golpe de Estado, foi condenado por abuso de autoridade para que sua mulher comprasse, em 2003, terrenos estatais a um preço abaixo do valor real.

Shinawatra hoje está exilado em Londres, e é cunhado do novo primeiro-ministro do país, Somchai Wongsawat. Shinawatra já tem contra ele seis ordens de busca e captura emitidas pelos tribunais da Tailândia.

Fontes[editar]