Terminou agora a pouco no Brasil a "Hora do Planeta"

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O Brasil foi um dos 84 países que aderiram à Hora do Planeta, movimento coordenado pela organização não-governamental WWF, em alerta às conseqüências das mudanças climáticas e do aquecimento global. Na capital, o principal monumento da cidade, a Esplanada dos Ministérios - que inclui, ainda, a Catedral, o Palácio do Planalto, o Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional - ficou totalmente sem iluminação por uma hora. Autor: José Cruz/ABr

29 de março de 2009

Brasil

Terminou às 21h30 em todo o Brasil, a hora do planeta. Cidades como Campo Grande, São Paulo, Rio de janeiro, Brasília e até Juazeiro do Norte (Ceará) aderiram ao movimento de desligar as luzes por uma hora. A Ponte Octávio Frias de Oliveira, o Cristo Redentor e a Esplanada dos Ministérios também entraram na onda das 78 cidades brasileiras cadastradas.

"A Hora do Planeta" no mundo

Pelo Mundo, a hora do planeta começou às 4h30 (horário de brasília) nas ilhas Chatham, um pequeno arquipélago ao leste da Nova Zelândia. Quatro mil cidades pelo globo participaram. Sydney, Seul, Pequim, Hong Kong, Kuala Lampur, Manila, Cingapura, Bangkok, Jacarta, Mumbai e Nova Delhi apagaram suas luzes por uma hora.

Na Europa, as luzes da Comissão Parlamentar Européia em Bruxelas se apagaram, o Coliseu e a cúpula do Vaticano também ficaram às escuras. Portugal participou pela primeira vez do evento organizado pela WWF.

Fontes