Termina em agosto prazo para entregar projetos de reforma de estádios para 2014

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

22 de julho de 2009

Brasil


O prazo para que as cidades que vão receber jogos da Copa do Mundo em 2014 entreguem o edital para seleção dos projetos de construção e reforma de estádios termina no dia 31 de agosto. “Os estados tem trabalhado duro para cumprir o cronograma. Acredito que haja tempo”, disse o ministro dos Esportes, Orlando Silva, durante entrevista no programa Bom Dia, Ministro, da TV Brasil.

Ele garantiu que tudo estará pronto até 2013, para a Copa das Confederações, evento que antecede a Copa do Mundo. Mas, ressaltou que ainda é cedo para falar sobre as cidades que sediarão os principais eventos da Copa: as cerimônias de abertura e encerramento e os jogos das semi-finais e da final. Esse assunto, segundo o ministro, será tratado apenas depois da Copa do Mundo da África do Sul, no ano que vem. “Só a partir daí que o Brasil receberá definitivamente o bastão de cidade-sede”, afirmou.

O ministro das Cidades, Marcio Fortes, explicou, também no programa, que a preparação para a Copa de 2014 inclui pontos como mobilidade urbana – a movimentação das torcidas por estádios, hotéis, aeroportos e estradas – e também aspectos como destinos turísticos e modernização de estruturas de estádios e arenas para jogos.

“Temos prazo e compromisso com as obras. Temos de entregar as obras de saneamento e habitação. Tudo tem de ficar dentro do calendário que a Fifa [Federação Internacional de Futebol] exige e será um legado para o futuro das cidades”, disse.

Marcio Fortes ainda garantiu que todas as cidades serão consideradas prioritárias no projeto e não apenas as maiores. “A priorização será máxima para todos. O objetivo é entregar o projeto”, afirmou.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati