Tensão entre Irão, Coreia do Sul e Estados Unidos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

4 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Um dia depois do primeiro aniversário da morte da principal autoridade da inteligência iraniana, Qassem Soleimani, pelos Estados Unidos, no Aeroporto Internacional de Bagdade, no Iraque, a Guarda Revolucionária do Irão capturou um petroleiro com bandeira da Coreia do Sul no estreito de Hormuz, entre os golfos pérsico e de Omã.

Segundo a imprensa iraniana, o navio foi transferido para os portos do país "por contaminação petroleira e riscos para o meio ambiente".

Nos últimos meses, o Irão aumentou a pressão sobre o país para desbloquear cerca de 7 mil milhões de dólares em activos das vendas de petróleo.

O montante foi obtido antes de o Governo Donald Trump ter restringido as sanções às exportações de petróleo do país, mas mesmo assim foi bloqueado pela Coreia do Sul.

Entretanto, ante a retenção do petroleiro, os Estados Unidos decidiram manter o porta-aviões na região que, até agora, estaria de saída.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com