Tempestades no sul da China deixam 3 mortos e 13 desaparecidos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

26 de agosto de 2017

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Desastres geológicos provocados pelo tufão Hato deixaram três pessoas mortas e outras 13 desaparecidas na província de Yunnan, no sudoeste da China, disseram autoridades locais no sábado.

Até as 10 horas da manhã de sábado, inundações, deslizamentos de terra e deslizamentos de terra haviam afetado mais de 410.000 pessoas em 64 municípios, forçando a evacuação de quase 8.400 pessoas e causando o colapso das casas de 85 famílias, de acordo com o departamento provincial de assuntos civis.

Hato foi o 13º tufão a atingir a China este ano. Chegou na quarta-feira à cidade de Zhuhai, província de Guangdong, no sul da China, e depois se mudou para o oeste, perdendo força.

Levou chuvas no leste e sul de Yunnan de quarta a sexta-feira. Das 8h de quarta-feira às 8h de sábado, quatro estações de monitoramento na província registraram precipitação de mais de 250 milímetros.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com