TST abre seminário sobre trabalho infantil

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

8 de outubro de 2014

Brasil

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) abriu hoje (8) o seminário Trabalho Infantil: Realidade e Perspectivas, que vai discutir o combate ao trabalho infantil. Amanhã (9), o evento continua com a participação de membros do governo, do Judiciário e do Legislativo. Na abertura, o vice-presidente do TST, Ives Gandra, destacou a importância de não apressar o amadurecimento da criança com atividades laborais precoces.

“Esse amadurecimento precoce gera, muitas vezes, personalidades mais fechadas. É bom recordarmos o motivo dessa preocupação social com o trabalho infantil. Queremos uma sociedade alegre, feliz, fundamentalmente. Queremos que nossas crianças tenham infância, assim como nós. Esse seminário vai mostrar como as crianças, dentro das idades permitidas, podem fazer algo compatível com as brincadeiras e a diversão”, disse Gandra.

A abertura do seminário teve palestra de Manoel Sobrinho Durán, secretário de Trabalho do estado de Chiapas, México. Ele expôs a evolução da legislação que protege as crianças no México e lembrou que ainda existe uma mentalidade equivocada na sociedade sobre o trabalho exercido por crianças. “Existe ainda a falsa ideia de que o trabalho infantil é bom para a formação de crianças, quando a Organização Mundial de Saúde já disse exatamente o contrário”.

O seminário tem início amanhã com painéis sobre os danos à saúde física e mental das crianças, sobre boas práticas do Sistema Judiciário a respeito do tema, além de exposições com diagnósticos e alternativas para o problema. O painel de encerramento será com o senador Cristovam Buarque (PDT).

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati