Surto da bactéria E.coli já matou 35 na Europa

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

12 de junho de 2011

Europa

A epidemia provocada pela bactéria E.coli continua se espalhando pela Europa e a Organização Mundial da Saúde (OMS) já registra 35 mortes. A diretora regional da OMS para a Europa, Zsuzsanna Jakab, classificou o surto como “o mais grave de E.coli registrado na Europa”.

De acordo com a OMS, dos 35 mortos, 34 são alemães e um sueco. Em toda a Alemanha, mais de 4 mil pessoas foram contaminadas e muitos sofrerão sequelas ao longo da vida, com complicações renais e neurológicas.

“Cerca de 100 pacientes sofreram danos renais graves o suficiente para precisar de um transplante ou depender de diálise durante a vida”, disse o deputado Karl Lauterbach, especialista em saúde do Partido Social-Democrata alemão. “O agente da E.coli está avançando no mundo e a Alemanha ainda pode registrar novos surtos”, alertou.

Depois de identificar a fonte da infecção, as autoridades alemãs redobraram os esforços para descobrir como a bactéria mortal chegou à fazenda de alimentos orgânicos, onde adoeceram três funcionários. A ministra alemã de Defesa do Consumidor, Ilse Aigner, determinou que sejam vistoriadas parte da produção agrícola no país e as sementes utilizadas.

Também se considera a hipótese de que as bactérias podem ter chegado por meio de plantas utlizadas como depuradoras para tratamento de esgoto e que concentram os resíduos de fertilizantes agrícolas.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati