Sul das Américas terá frio e chuva

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

24 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Um sistema formado por uma frente fria, que se acoplou a uma região de cavado no norte da Argentina, fará com que boa parte da região sul das Américas tenha chuvas esparsas no final de semana e frio nos próximos dias.

Esta área inclui a região do sul do Brasil, incluindo o sul do Mato Grosso do Sul (MS) e de São Paulo, e o norte do Uruguai, incluindo as regiões das cidades de Artigas e Rivera, e da Argentina, incluindo as províncias de Salta, Formosa, Chaco, Santa Fé, Entre Ríos, Buenos Aires e Córdoba, onde já houve tempestades na noite passada (ouça o prognóstico para a Argentina aqui)).

As nuvens cobrirão toda área ainda hoje, sendo esperadas chuvas irregulares e até tempestades, principalmente no norte do Uruguai, nordeste da Argentina e na parte oeste do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, e no sudoeste de Mato Grosso do Sul.

Esta frente deve se atenuar a partir de hoje na Argentina e Uruguai e de amanhã no Brasil e após sua passagem passa a atuar uma massa de ar frio mais intensa, com os ventos de sul transportando o ar mais frio por todo sul das Américas. "Os ventos de sul podem chegar até o sul de Rondônia", explica o meteorologista Tiago Robles do website Tempo - Meteored. Já o meteorologista Christian Garavaglia, do Meteored Argentina, diz que centro e norte argentinos já sentirão a "notável queda" das temperaturas no amanhecer de domingo.

"Vale ressaltar que não se trata de um evento extremo de frio que possa ser caracterizado como uma onda de frio. Para isto são necessários em torno de uma semana de temperaturas abaixo da média para se caracterizar tal evento", explica Robles também.

Notícia Relacionada

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit