Suécia apoia programa de aborto em Moçambique

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Agência VOA

2 de março de 2017

O Governo moçambicano vai contar com uma ajuda de 5,2 milhões de dólares da Suécia para um programa de acesso ao aborto seguro.

A notícia foi avançada nesta quarta-feira, 1, pela Embaixada da Suécia em Maputo através de um comunicado no qual diz que o programa pretende levar informação às mulheres sobre o aborto, nomeadamente sobre acesso, cuidados a ter e meios de contracepção.

O programa vai beneficiar as províncias de Nampula e Zambézia, estendendo assim a cobertura do mesmo que, até agora, só abrangia a capital, Maputo.

A embaixada da Suécia em Maputo revela ainda que a iniciativa visa, em última instância, ajudar o sistema de saúde a prestar serviços de aborto acessíveis e de boa qualidade.

A lei de acesso ao aborto seguro em Moçambique descriminalizou, em 2014, o aborto até às 12 primeiras semanas de gravidez.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati