Sol e Lua influenciam comportamento humano, aponta estudo

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de novembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Um artigo publicado no Journal of Experimental Botany conduzido por Cristiano de Mello Gallep, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), e Daniel Robert, na University of Bristol (Reino Unido), evidenciou que a atividade rítmica dos organismos biológicos, vegetais ou animais está intimamente associada às marés gravitacionais geradas pela mecânica orbital do sistema Sol-Terra-Lua.

A pesquisa começou com Gallep estudando a periodicidade na germinação de sementes - que acabou se provando fruto das marés gravitacionais. Em seguida, o pesquisador verificou também que seres humanos isolados da luz, por exemplo, tendiam a estabelecer uma flutuação cíclica em seus comportamentos em consonância com o ciclo lunar.

“Toda a matéria, inerte ou viva, experimenta na Terra os efeitos das forças gravitacionais do Sol e da Lua, expressos na forma de marés. As oscilações periódicas apresentam dois ciclos diários e são moduladas mensalmente e anualmente pelos movimentos desses dois astros. Foi nesse contexto que todos os organismos presentes no planeta evoluíram. O que procuramos mostrar no artigo foi que as marés gravitacionais constituem uma força perceptível e potente que moldou e molda as atividades rítmicas desses organismos”, explicou Gallep.

"“ Sol e a Lua influenciam o comportamento humano? A resposta é sim: o Sol e a Lua influenciam o comportamento humano”, enfatizou Manente, explicando no entanto, que isto isto não tem nada a ver com a “posição astral no horário do nascimento de um bebê”, ou seja, nada a ver com a Astrologia.

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit