Separatistas ucranianos dizem não abrir mão de terreno conquistado

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

9 de fevereiro de 2015

Ucrânia

Os separatistas do Leste da Ucrânia asseguraram hoje (9) que não darão “nem um passo atrás” no momento em que for traçada a linha de separação entre as forças, depois de, nas últimas semanas, terem conquistado centenas de quilômetros quadrados. “Posso dizer uma coisa: dificilmente vamos nos mover da linha em que nos encontramos agora. O nosso princípio é nem um passo atrás. Não vamos ceder aquilo que pagamos com o nosso sangue”, disse Igor Plotnitski, líder da autoproclamada República Popular de Lugansk.

O dirigente separatista acrescentou que o seu representante, Vladislav Deinego, partiu para Minsk, capital da Bielorrussia, onde será promovida uma nova rodada de negociações amanhã (10), e que a posição dele será “muito dura”. “As negociações não vão ser fáceis. Tenho a certeza. Para todos. Para nós e para eles”, disse, citado pela imprensa local. Além das posições no terreno, os separatistas pretendem abordar questões políticas e econômicas, em uma alusão ao estatuto das regiões pró-russas e ao bloqueio econômico imposto pelo governo ucraniano.

A reunião do chamado Grupo de Contato, integrado por representantes da Ucrânia, dos separatistas, da Rússia e da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa, é considerada um “passo prévio”, essencial a um encontro, previsto para quarta-feira, entre Ucrânia, Rússia, França e Alemanha.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati