Senador critica política externa do governo Lula

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

5 de outubro de 2005

Brasil

Durante discurso realizado na terça-feira (4) no plenário do Senado Federal brasileiro, o Senador José Jorge (Partido da Frente LiberalPernambuco) criticou a política externa do Governo do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

José Jorge disse: "O que mais impressiona é a fantasia do presidente da República de que seu governo está praticando a política externa de maior êxito que o Brasil já conheceu. Mas os fatos não comprovam o devaneio de Lula".

Para José Jorge o Governo brasileiro errou ao reconhecer a China como uma economia de mercado, errou ao perdoar as dívidas de países africanos e na declaração final da Cúpula América do Sul – Países Árabes, na qual relativizou o conceito de democracia.

Segundo o senador, todas essas decisões foram uma estratégia fracassada com o intuito de angariar apoio à pretensão brasileira de conquistar um assento permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

"O resultado foi que os países africanos e árabes não apoiaram o Brasil, enquanto a China se uniu aos Estados Unidos para evitar o aumento do número de cadeiras no conselho", disse Jorge.

O Senador José Jorge mencionou as derrotas das candidaturas brasileiras para os cargos de diretor geral da Organização Mundial do Comércio (OMC) e de presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Ele ainda criticou as declarações de Lula, feitas semana passada, ocasião em que o Presidente brasileiro disse que a Venezuela "tem democracia em excesso".


Fontes