Senador Artur Virgilio disse que não deseja impeachment de Lula

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

6 de junho de 2005

Brasil

O Senador Artur Virgílio (PSDB) disse que não deseja prejudicar o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e que a oposição não fala em impeachment. "Longe de mim de tocar fogo em qualquer paiol, porque o momento é grave", disse Virgílio.

Ele disse que o Presidente deve tomar medidas concretas para afastar do governo as pessoas suspeitas de corrupção, e não apenas falar que está tomando providências. Ele rogou ao Presidente Lula para que ele faça uma "faxina" em seu governo e se livre das pessoas indesejáveis do seu partido.

Virgílio disse que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) deve ser realizada para o bem do governo.


Fontes

Áudio